quarta-feira, 21 de junho de 2017

Pai espanca filha de dois meses até a morte durante consulta da mulher



Alan Duenho está foragido desde que o crime foi cometido, na madrugada desta quarta-feira.




O pai de uma menina de apenas dois meses matou sua filha espancada enquanto aguardava a mãe da criança no hospital. A mulher dele passava por uma consulta no Hospital Campo Limpo, na zona sul de São Paulo, por volta das 1h30 da madrugada desta quarta-feira (21). 

 

Alan Duenho se alistou para o serviço obrigatório militar em 2014, ingressou em 2015 e deu baixa no Exército em 6 de agosto de 2016, após um ano de serviço obrigatório. Mas não faz mais parte do Exército Brasileiro. A informação foi passada pelo setor de comunicação social do 22º Batalhão de Logística Leve
Foto: Reprodução/Facebook
O caso foi encaminhado para 37º DP Campo Limpo, área dos fatos. Durante a madrugada, o casal foi para o hospital. Como o bebê era pequeno, eles levaram a criança junto.  




Duenho ficou aguardando a mulher no carro enquanto ela passava pelos procedimentos médicos. Por volta das 3h30 da manhã, a sogra dele apareceu no carro dizendo que a filha teria que ficar internada e que precisaria ir até a casa do casal para buscar roupas e deixar a bebê dormindo

Quando chegaram na residência do casal, ele desembarcou a filha do carro, que estava enrolada em um cobertor e colocou na cama da menina. A avó não tinha percebido nada até o momento, já que pensou que a neta estava dormindo. 

Meia hora depois, a sogra estava na cozinha quando olhou pela janela e avistou Alan pulando o muro do prédio e correndo pela rua. Em desespero, a sogra subiu para o andar de cima e encontrou a neta ainda enrolada no cobertor já sem vida com sinais de espancamento




A Polícia acredita que a principal hipótese seja que ele tenha batido a cabeça da criança no volante do carro enquanto aguardava a mulher no estacionamento do hospital. Duenho está foragido. A mãe da criança continua internada e a polícia descarta a participação dela no crime

* Colaborou Guilherme Miletta, estagiário da Agência Record

FONTE: R7

SE INSCREVA EM NOSSO CANAL ♥♥♥