quinta-feira, 7 de abril de 2016

Mãe comete suicídio para que filho doente recebesse pagamento de seu seguro de vida e pudesse pagar por tratamento



AMOR DE MÃE 



Uma mulher chinesa cometeu suicídio para conseguir pagar pelo tratamento hospitalar do filho doente, usando seu seguro de vida, mas sua morte por ter sido em vão.
A idosa de 63 anos morreu depois de se jogar do nono andar do apartamento de seu filho em um bairro pobre de Shenzhen.
Suas últimas palavras ao filho foram: “Eu vou ficar bem, vou ajudá-lo a conseguir o dinheiro que você precisa.”

Em 2005 seu filho foi diagnosticado com a doença de Bechterew, um tipo de artrite que cria dor e rigidez do pescoço para baixo e na parte inferior das costas. Dez anos após o diagnóstico, o filho finalmente revelou a sua condição à sua família. Quando ele se aproximava da fase final da doença, não conseguia mais mover os quadris ou virar a cabeça.
O rapaz ficou desempregado e, sem dinheiro, não conseguia pagar por tratamento.
A mãe, que estava cada vez mais preocupada, ficou perturbada com o problema e se lembrou de uma apólice de seguro de vida que ela havia comprado.

O filho disse que acredita que sua mãe tenha cometido suicídio em 22 de março para que ele recebesse o pagamento do seguro avaliado em cerca de R$ 17 mil, mas o que ela não sabia era que a apólice tinha expirado no mês de novembro de 2015. Uma cláusula do contrato também impedia o pagamento em caso de morte por suicídio.
Fonte: R7