sexta-feira, 11 de março de 2016

Veja os estragos causados pelo temporal histórico que atingiu a Grande SP



Pelo menos 15 mortes foram registradas, além de deslizamentos e transtornos no trânsito


Ao menos 15 pessoas morreram e 13 ficaram feridas na Grande São Paulo por causa dos efeitos da forte chuva que caiu entre a noite de quinta-feira (10) e a manhã desta sexta-feira (11)



De acordo com o Corpo de Bombeiros, 13 mortes foram por deslizamento de terra — sendo nove em Francisco Morato e quatro em Mairiporã — e duas por afogamento, uma em Guarulhos e outra em Cajamar


Na foto, deslizamento de terra que provocou a queda de duas casas na rua Primavera, em uma região de morro no bairro Jardim Néri, em Mairiporã


Quatro pessoas morreram no acidente e outras sete ficaram feridas. Uma das vítimas é uma criança de quatro anos


A pista expressa da Via Dutra, que liga São Paulo ao Rio de Janeiro, ficou bloqueada no km 191, sentido Rio, na altura da cidade de Santa Isabel (SP). Uma queda de barreira provocou a interdição no início da madrugada desta sexta-feira, informou a concessionária NovaDutra



A Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo) informou que a chuva provocou alagamentos em algumas áreas internas do Entreposto Terminal São Paulo. A situação já está normalizada e não há registro de vítimas, segundo a companhia.

Antes das 9h, as entradas pelos portões 3, 13 e 14 foram reabertas ao acesso dos veículos para as atividades normais do mercado. "Todos os produtos que foram atingidos no alagamento estão condenados e já estão sendo eliminados", informou a Ceagesp, que não divulgou volume e valor de perda



Na foto, alagamento no centro de Caieiras, na Grande São Paulo. Pessoas ficaram ilhadas, veículos ficaram submersos e alguns foram arrastados pelas águas


Na capital, a chuva que caiu entre ontem e hoje foi a mais violenta dos últimos 11 anos


Segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), a cidade não tinha uma chuva com impactos tão grandes desde o dia 25 de maio de 2005. Essa foi a última vez que uma chuva havia causado tantos transtornos



São Paulo registrou o maior congestionamento do ano na manhã desta sexta-feira (11). Por volta das 9h30, 179 km dos 868 monitorados estavam travados. O maior índice de 2016 no horário de pico havia sido no dia 23 de fevereiro, quando foram registrados 126 km de lentidão



Usuários do transporte público enfrentaram problemas. A linha 7 - Rubi (Luz-Jundiaí) ficou com o trecho entre as estações de Perus e Jundiaí paralisado. 

A Linha 8 - Diamante (Júlio Prestes-Amador Bueno) sofreu problemas técnicos no sistema de energia por causa das chuvas e ficou com velocidade reduzida e maior tempo de parada entre as estações Barueri e Itapevi


Continue lendo...

Fonte:R7