domingo, 1 de novembro de 2015

Joelma diz que Chimbinha já tentou jogá-la do segundo andar de uma casa e que levou uma surra do cantor

.




Em entrevista ao Fantástico, cantora fez acusações pesadas contra o músico




Depois de uma separação traumática na vida pessoal e nos palcos, Joelma decidiu quebrar o silêncio. Em entrevista ao Fantástico, do domingo (1º), a cantora contou a versão dela para a crise que acabou com a banda Calypso. Dentre tantas surpresas ditas por ela, Joelma revelou que Chimbinha tentou jogá-la do segundo andar de uma casa, que passou por diversas traições, além de ter levado uma surra do ex-marido. 








Fantástico: Ele [o Chimbinha] diz que recebeu mensagens ameaçadoras no celular dele, foi a polícia e descobriu que as mensagens vinham de um celular registrado no nome de sua guia espiritual. O que você diz sobre isso?  

Joelma: Sobre isso eu não seu quase nada. Está havendo uma investigação policial, eu confio na polícia e quero saber a verdade

Fantástico: Você tem um guia espiritual?

Joelma: Meu guia espiritual é Deus

Fantástico: Uma outra informação que está circulando é que você teria feito doações de parte do patrimônio de vocês à igreja evangélica e que de uma forma isso teria interferido na relação entre vocês dois. Isso aconteceu?  

Joelma:
 — Eu comprei uma fazenda no interior do Pará, e estava dando muita confusão isso aí, aí eu resolvi doar essa fazenda. E eu não me arrependo porque me trouxe uma leveza, uma felicidade tão grande que eu faria de novo


Fantástico: Você se arrepende de alguma coisa? 

Joelma: 
— Me arrependo, porque eu queria ter diminuído o excesso de trabalho e passado mais tempo com os meus filhos. Ele [o Chimbinha] é que administrava minha carreira e dirigia minha vida. Ele marcava quantos shows ele queria e eu tinha que cumprir. O objetivo dele era mais financeiro do que familiar. Hoje eu vejo dessa forma


Fantástico: Joelma tem hoje 60% da empresa que representa a banda. Qual é esse raio x da empresa Calypso que você encontrou? Joelma: — Realmente ele estava fazendo outros projetos fora da banda sem a minha permissão, sem me consultar em que saiu muita perda 

Fantástico: Isso quer dizer que não foi só uma traição no casamento. Houve traição do ponto de vista dos negócios da banda? 

Joelma: —
 Não houve uma traição, houveram várias traições. Eu perdoei muitas vezes. As mulheres que passam por isso vão me entender, porque quando você descobre uma traição, o homem chora, perde perdão. Aí você dá uma chance por causa da família, por causa de tudo que você construiu, trabalho e tudo mais. Aí vem uma segunda traição, aí você perdoa de novo, tem uma hora que você não aguenta mais. Quando isso começou a afetar os meus filhos, meu filho teve que se meter para ele não me bater


Fantástico: Você está dizendo que o Chimbinha tentou te agredir fisicamente?Joelma: — Ele já tinha me agredido antes. No início da banda eu tive que passar três dias trancada dentro de um hotel até o meu rosto voltar ao normal. Foi ciúmes. E depois de três anos ele tentou me jogar do segundo andar de uma casa aqui de Recife onde a banda estava alojada

Fantástico: Por que você não denunciou? 

Joelma:—
 Pela família, pela vergonha, fiquei com vergonha de me expor a esse lado


O programa procurou o músico para que ele comentasse as declarações de Joelma. Em nota, Chimbinha negou e lamentou todas as acusações de agressão e desviu de dinheiro da empresa




Fantástico: O que levou a essa atual situação de conflito de vocês?

Joelma:
 — Bebida. Ele perdia o controle de uma maneira que ninguém conseguia controlar ele. Em outros momentos ele era muito calmo, muito tranquilo, mas em alguns momentos ele não podia ser contrariado


Fantástico: Existe alguma possibilidade de reconciliação?

Joelma: —
 Nenhuma. Eu não quero voltar para aquela vida


Fonte: R7

♥