sábado, 12 de setembro de 2015

Justiça determina que Chimbinha mantenha distância de 100 metros de Joelma



Segundo jornal, advogado do guitarrista usará contratos da banda para recorrer da medida



A Justiça do Pará determinou, na tarde da última sexta-feira (11), que Chimbinha fique a pelo menos 100 metros de distância de Joelma. Segundo a coluna Retratos da Vida, do jornal Extra, a medida preventiva foi tomada pela 4ª Vara Penal da cidade de Ananindeua, na região metropolitana de Belém (PA), e tem como base a lei Maria da Penha.

No início da semana, a cantora denunciou o ex-marido, dizendo que havia sofrido ameaças dele e temia por sua integridade física.

Em entrevista à coluna Retratos da Vida, do jornal Extra, o advogado de Chimbinha, Hermínio Mello, disse que irá pedir redução da distância à Justiça assim que for notificado da medida.

— A medida é para o casal, mas não existe mais um casal. Joelma e Chimbinha estão no processo de separação. Mas existem os sócios de uma banda. Ou seja, eles trabalham juntos. Assim que formos notificados oficialmente, vamos pedir a redução da medida ao juiz.

O guitarrista, que está afastado da banda Calypso por causa de uma cirurgia no olho, já tem data marcada para voltar ao palco ao lado de Joelma: no dia 19 de setembro, em Palmas (TO).

Como Chimbinha e Joelma são sócios na banda e os contratos previamente assinados definem a presença dos dois no palco, a defesa do guitarrista usará esses documentos como argumento para garantir o lugar dele nas apresentações já marcadas pelo Calypso, que tem compromissos até dezembro.


— Se não for aceito que ele faça os shows, vão ter que cancelar as apresentações e devolver o dinheiro dos contratos e dos ingressos vendidos. 

Joelma já anunciou que cumprirá a agenda do grupo e depois seguirá em carreira solo. No entanto, a advogada da vocalista contou ao jornal Extra que ela só subirá ao palco ao lado do guitarrista substituto de Chimbinha, Ian Marinho


Continue lendo...

Fonte: R7