sábado, 20 de junho de 2015

Tubaronense promove campanha em busca de duas próteses. Vamos compartilhar até chegar no caldeirão do Huch



Vamos curtir e compartilhar a pagina de 

Isamaranocaldeirão




Segue link da pagina 






— Cresci vendo meu mundo cair com a perda de pessoas tão especiais. Cedo tive que ir trabalhar fora, para ajudar minha mãe nas contas de casa, até que um dia consegui comprar meu tão sonhado veículo, uma moto. Mas a alegria durou pouco: no dia 21 de outubro do ano passado sofri um grave acidente. 



Escorreguei numa mancha de óleo, caí na pista contrária e uma caçamba de areia passou por cima das minhas pernas — tiveram de amputar as duas. Mas não me entrego não, Deus me dá muita força para seguir em frente, lutar pelos meus sonhos e o mais importante: cuidar da minha mãe, que entrou em depressão depois do que aconteceu comigo. 






Quero muito voltar a estudar e trabalhar! Como minha amputação é bilateral transfemoral — que inclui joelho e quadril, fica mais difícil voltar a andar com próteses cedidas pelo SUS, pois elas são pesadas (e sabe lá quando eles irão me chamar pra colocá-las). 

Então venho aqui fazer um apelo: se alguém se sensibilizar com minha história e puder me ajudar a conseguir duas boas próteses, serei grata eternamente. Quero muito voltar à ativa, mas sozinha não consigo! — nos conta a leitora. 




Quem quiser ajudá-la pode ligar para (48) 9999-6106 ou entrar na página do face 

Compartilhe até chegar no caldeirão do Huch