terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Parque Ambiental Tractebel

Parque Ambiental Tractebel

Ola... 
Hoje vou monstrar a vocês o passeio que fiz no Parque Ambiental Tractebel.

                                                          (Clique nas fotos para ampliar)
Parque Ambiental Tractebel
    São 35 hectares entregues para que a comunidade da região sul de Santa Catarina possa desfrutar.      


A história

Em novembro de 2009 o lançamento da pedra fundamental na 8ª SEMA – semana do meio ambiente representava um marco para a região da AMUREL. Lançava-se neste dia a promessa da construção do Parque Ambiental Jorge Lacerda. Nova logo e novo nome surgiram em 2012 com a proposta de firmar neste solo, não só as árvores aqui plantadas, mas o nome da empresa Tractebel Energia, que tem entre seus valores o Respeito ao Meio Ambiente.

O Parque Ambiental Tractebel e o Complexo Termelétrico Jorge Lacerda ficam localizados no município de Capivari de Baixo SC, estão intimamente ligadas com a exploração do carvão mineral da região. Esta exploração foi o principal responsável pelo desenvolvimento da região sul do estado de Santa Catarina entre 1940 e 1980. Nas duas primeiras décadas desse período, a extração deste minério alavancou a nascente industria nacional. Na década de 60, diante da possibilidade de utilização do rejeito do carvão metalúrgico, para a geração de energia elétrica, foram construídas as primeiras unidades do Complexo Termelétrico Jorge Lacerda.
Durante esta época, operaram na região entrepostos de comércio de carvão controlados por empresas estatais, que recebiam o carvão das minas, processando-os e vendendo-os para a Siderurgia Brasileira SA. Os rejeitos ou sobras, como eram conhecidas, eram vendidas para queima nas usinas termelétricas.
O desenvolvimento porém dessa atividade, proporcionou o progresso, mas gerou uma série de graves impactos ambientais.
Ao longo dos anos, milhões de toneladas de resíduos foram depositadas até que em 1980 cerca de 4 mil hectares estavam totalmente comprometidos e o sul de Santa Catarina foi reconhecido como a 14ª Área Crítica Nacional o ponto de vista Ambiental. Localizadas próximas ao Complexo Termelétrico Jorge Lacerda, os locais receberam os rejeitos sem nenhum controle ambiental.
Em 1988 com a aquisição da estatal Centrais Geradoras do Sul do Brasil – Gerasul pelo grupo SUEZ, controlador da Tractebel Energia, os depósitos formados durante a operação da empresa de beneficiamento e comercialização, passaram a ser recuperados pela empresa, que comprometeu-se a concluir os projetos de recuperação de quatro áreas somando 260 hectares. Dois anos depois quando a Tractebel Energia assumiu o controle do Complexo, a recuperação foi intensificada. Retirada e queima de rejeitos deram lugar à bacias de sedimentação, que recebiam as próprias cinzas resultantes dessa queima.
A medida que ficava coberta de cinza, recebia uma camada de argila e um processo de revegetação com espécies nativas. No final de 2008, após remoção de 2,1 milhões de toneladas de carvão ali depositados e R$ 5 milhões investidos, a Tractebel Energia concluiu a recuperação de pátio que dá hoje lugar ao Parque Ambiental Tractebel.

O Parque nasce com o objetivo não só de utilizar uma área anteriormente degradada e recuperada, mas acima de tudo, para incrementar o relacionamento entre empresa e comunidade de forma interativa e com um benefício direto, resultante da recuperação e transformação em espaço para educação ambiental, conhecimento e experimentação de tecnologias de geração de energia elétrica, lazer, cultura e entretenimento para a comunidade da região sul de Santa Catarina.

Venha visitar o Parque Ambiental Tractebel, você vai adorar!!!
Keisley mattiola em Parque Ambiental Tractebel
              
 
Bjssss no ♥